sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

RIC Record na vice-liderança, emissoras G e S caem


Rede segue na disputa pela 1ª colocação em audiência


A Record demonstrou em números o acentuado e sólido crescimento, enquanto a emissora G e o emissora S registraram queda. Os dados do Ibope não mentem. Nos últimos 10 anos, o número de pessoas que assistem à Record aumentou em 85% e a quantidade de telespectadores que deixaram de assistir à emissora G e à emissora S cresceu em 5% e 44%, respectivamente.


No Paraná, assim como no restante do país, a Record continua em um acelerado ritmo de crescimento. Entre 2003 e 2008, a RIC se tornou a vice-líder ao aumentar a audiência em 64% no horário nobre. No mesmo período, as afiliadas da Globo e do SBT perderam 5% e 45% da audiência.


E não é apenas no horário nobre que a RIC Record é vice-líder. De acordo com dados do Ibope Curitiba, a média de participação em audiência (share) da RIC Record, entre 1º de janeiro a 09 de fevereiro, foi de 13%, enquanto o SBT registrou 12% durante o dia todo.


A RIC Record continua a investir pesado em uma programação de qualidade e repleta de novidades. Ela promete ser um páreo duro na disputa pela liderança, principalmente com a aquisição dos direitos de transmissão exclusiva dos Jogos Pan-Americanos de 2011 e 2015 e dos Jogos Olímpicos de 2010 e 2012.


Tudo isso e muito mais só na RIC Record, uma TV de Primeira... com Você na TV.

Um comentário:

willian disse...

É lei,"nenhum meio de comunicação deve ser objeto de monopólio e oligopólio.!"

RIC-a favor do Paraná.!